Equipamento Multiusuário

Analisador Rápido de Viscosidade - RVA 4500

O Analisador Rápido de Viscosidade (RVA 4500, Rapid Visco Analyser) está vinculado ao projeto regular “Alimentos processados mais saudáveis: desenvolvimento e avaliação de produto com baixa atividade de água enriquecido com proteínas e fibras” (Processo No. 2010/1902-5). O princípio da análise de perfil de viscosidade de amidos, farinhas e derivados utilizando RVA é similar ao Amilógrafo, porém necessita de menor quantidade de amostra e fornece maior flexibilidade de condições de testes e maior facilidade de preparo e rapidez na análise.

Especificações:
- Análise de viscosidade de 20 – 50.000 cP a 80 rpm e 10 a 25.000 cP a 160 rpm e faixa de cisalhamento de 0, – 2000 rpm;
- Integrado ao software TCW3 para controle e análise dos dados;
- Perfil de viscosidade é aceito internacionalmente, de acordo com o método da AACCI 61-02.01.

Localização:
Laboratório de Controle de Qualidade de Farinhas e Amidos do Cereal Chocotec

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação


Sistema para medição de taxa de permeabilidade ao vapor d'água - Permatran
Modelo 3/34G - Fabricante MOCON/AMETEK

O sistema para medição de taxa de permeabilidade ao vapor de água (Permatran) foi adquirido através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do Ital (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para caracterização de materiais poliméricos quanto à taxa de permeabilidade ao vapor d'água.

Especificações:
- Possui sensor infravermelho de pulso modulado, com faixa de medição de 0,005 a 100 g.m-2.dia-1;
- Atende às normas ASTM F-1249, TAPPI T557, JIS K7129 e ISO15106-2.

Localização: Laboratório de Permeabilidade do Cetea

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação


Sistema para medição de taxa de permeabilidade ao oxigênio - Oxtran
Modelo 2/22 H – fabricante MOCON/AMETEK

O sistema para medição de taxa de permeabilidade ao oxigênio (OX-TRAN) foi adquirido através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do ITAL (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para caracterização de filmes poliméricos quanto à de taxa de permeabilidade ao oxigênio.

Especificações:
- Possui sensor coulométrico com faixa de medição de 0,005 a 200 mL (CNTP). m-2.dia-1;
- Atende às normas ASTM D3985, F1927, F1307, DIN 53380, JIS K7126 e ISO CD 15105-2.

Localização: Laboratório de Permeabilidade do Cetea

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação


Cromatógrafo gasoso (EM FASE DE INSTALAÇÃO)
Acoplado a espectrômetro de massas triplo quadrupolo (CG-MS/MS) com olfatômetro

O Cromatógrafo gasoso acoplado a espectrômetro de massas triplo quadrupolo - CG-MS/MS com Olfatômetro (Gas chromatograph coupled to mass spectrometer triple quadrupole – GC-MS/MS with Olfactometry) está instalado na Sala de Instrumentação do Laboratório de Análise Sensorial do Centro de Pesquisa de Ciência e Qualidade dos Alimentos do Instituto de Tecnologia de Alimentos e foi adquirido em processo vinculado ao Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Processo 2017/50349-0) como equipamento multiusuário.

Ele está disponível à comunidade técnico-científica do país e do exterior, para pesquisar sobre compostos voláteis e semi voláteis em alimentos e embalagens. Adicionalmente, com o uso do olfatômetro, avaliadores treinados podem identificar os tipos e intensidades de aromas que são associados aos compostos químicos que são simultaneamente identificados no espectrômetro. A utilização deste EMU é feita sob o preceito de corresponsabilidade, onde o usuário colabora com o custeio operacional.

Especificação
O sistema GCG/MS possui dois injetores, um Split/splitless e outro PTV  (Programmed Temperature Vaporizer ) e um sistena  CFT - Capillary Flow Technology (splitter com make-up), o que permite que duas colunas fiquem instaladas simulaneamente. Do splitter sai um único fluxo para o Gerstel Olfactometer, o qual  também é dividido para o olfatômetro e/ou espectrômetro de massas triplo quadrupolo. A sensibilidade do sistema apresenta em termos de 1 ul para 100 fg um valor de sinal > 30000: 1 e para 2 fg um sinal > 600: 1, e mais importante para 1ul e 2 fg injetado de OFN  (octafluoronaphthalene) um IDL (Instrument Detection Limit) de < 0,5 fg, mostrando excelente referência de sensibilidade para as mais diversas aplicações.  O software MassHunter possui uma ferramenta chamada Unknown Analysis, que permite realizar identificações por deconvolução de espectros de massas mesmo sem a injeção de padrões. O olfatômetro tem o reconhecimento de voz para a identificação dos picos no momento da eluição da coluna.

Localização: CCQA

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EM FASE DE INSTALAÇÃO)


Sistema para controle de equipamento de vibração (EM FASE DE INSTALAÇÃO)

O sistema para controle de equipamento de vibração foi adquirido através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do ITAL (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para a execução de ensaios de vibração senoidal e randômica em materiais diversos.

Especificação:
- O controlador se aplica a sistemas de vibração em apenas um eixo (vertical), operado por meio de um software de controle de força, aceleração e deslocamento.

Localização: Laboratório de Embalagens de Transporte e Distribuição do Cetea

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EM FASE DE INSTALAÇÃO)


Alveógrafo (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)
Modelo AlveoLab (fabricante Chopin Technologies)

O sistema para análise de extensão de massa de farinha de trigo, Alveógrafo está alocado no Laboratório de Controle de Qualidade de Farinhas e Amidos do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Chocolates, Balas, Confeitos e Panificação (CEREAL CHOCOTEC), pertencente ao Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) e foi adquirido em processo vinculado ao Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Processo 2017/50349-0) como equipamento multiusuário.

Está disponível à comunidade técnico-científica do país e do exterior para avaliação de qualidade reológica de farinha de trigo. Esta utilização é feita sob o preceito de corresponsabilidade, onde o usuário colabora com o custeio operacional, cujos valores são subsidiados em relação àqueles praticados nas atividades de extensão.

Especificações
Possui variação de velocidade de mistura (0 a 200 rpm)
M misturador encamisado com controle de temperatura.
O equipamento atende às normas: AACCI 54-30, AACCI 54-50, ICC 121, ICC 171, NF-EN-ISO 27971, GOST 51415-99, GB/T 14614, 4-2005.

Localização: Cereal Chocotec

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)


Destilador Molecular (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)
Short Path Distillation

O destilador molecular está instalado na Planta de Extração de Óleos do CCQA, com aquisição feita através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do ITAL (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para o fracionamento de misturas sensíveis a alta temperatura e onde um controle de temperatura e vácuo seja necessário.

Especificações
Temperatura máxima de operação: 300°C
Pressão mínima de trabalho: 0,01 mbar
Capacidade de operação: 0,5 a 5 kg/h (dependendo do produto)
Superfície de evaporação: 0,15m2
Superfície do condensador: 0,20m2
Viscosidade máxima de trabalho: 5.000 mPa·s

Exigências para uso:

- Sob o preceito de corresponsabilidade, o usuário deve colaborar com o custeio operacional.
- É necessário seguir o Plano de Gestão e de Compartilhamento para racionalização do tempo e uso do equipamento, procurando atender a demanda qualificada de forma adequada e dentro do estado da arte possibilitado pelo equipamento.
- Para acesso e utilização dos recursos disponíveis como usuário da “Comunidade Acadêmica e Científica”, cada professor/pesquisador deve preencher o Formulário de Submissão de Solicitação e enviá-lo por e-mail para emu_destilador@ital.sp.gov.br.

Localização: CCQA

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)


Extensógrafo-E – fabricante Brabender GmbG & Co KG (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)

O sistema para análise de massa de farinha de trigo (Extensógrafo-E) está alocado no Laboratório de Controle de Qualidade de Farinha e Amidos do CEREAL CHOCOTEC, com aquisição feita através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do ITAL (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para avaliação reológica de farinha de trigo.

Especificações
O equipamento atende às normas ICC-Standard nº 114/1, AACCI nº 54-10.01, ISO 5530-2, dentre outras.
Velocidade do gancho de esticamento: 14,5±0,5 mm/s
Velocidade de boleamento: 83±3 min-1
Velocidade de modelagem: 15±1 min-1

Exigências para uso:
- Sob o preceito de corresponsabilidade, o usuário deve colaborar com o custeio operacional, cujos valores são subsidiados em relação àqueles praticados nas atividades de extensão.
- É necessário seguir o Plano de Gestão e de Compartilhamento para racionalização do tempo e uso do equipamento, procurando atender a demanda qualificada de forma adequada e dentro do estado da arte possibilitado pelo equipamento.
- Para acesso e utilização dos recursos disponíveis como usuário da “Comunidade Acadêmica e Científica”, cada professor/pesquisador deve preencher o Formulário de Submissão de Solicitação e enviá-lo por e-mail para farinhas@ital.sp.gov.br.

Localização: Cereal Chocotec

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)


Farinógrafo-E – fabricante Brabender GmbH & Co KG (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)

O sistema para análise de massa de farinha de trigo (Farinógrafo-E) está alocado no Laboratório de Controle de Qualidade de Farinha e Amidos do CEREAL CHOCOTEC, com aquisição feita através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do ITAL (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para avaliação de qualidade reológica de farinha de trigo.

Especificações
Possui variação de velocidade de mistura (0 a 200 rpm), misturador encamisado com controle de temperatura e atende às normas ICC-Standard nº 115/1, AACCI nº 54-21.02, AACCI nº 54-22.01, AACCI nº 54-28.02, AACCI nº 54-29.01, AACCI nº 38-20.01 e ISO 5530-1.

Exigências para uso:
- Sob o preceito de corresponsabilidade, o usuário deve colaborar com o custeio operacional, cujos valores são subsidiados em relação àqueles praticados nas atividades de extensão.
- É necessário seguir o Plano de Gestão e de Compartilhamento para racionalização do tempo e uso do equipamento, procurando atender a demanda qualificada de forma adequada e dentro do estado da arte possibilitado pelo equipamento.
- Para acesso e utilização dos recursos disponíveis como usuário da “Comunidade Acadêmica e Científica”, cada professor/pesquisador deve preencher o Formulário de Submissão de Solicitação e enviá-lo por e-mail para emu_farinhas@ital.sp.gov.br.

Localização: Cereal Chocotec

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)


Temperímetro Multi Therm – fabricante BÜHLER (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)

O Temperímetro Multi Therm está alocado na Planta-Piloto de Chocolates e Produtos Derivados do CEREAL CHOCOTEC com aquisição feita através do Auxílio Pesquisa – Programa de Modernização do ITAL (Processo 2017/50349-0). Está disponível à comunidade técnico-científica do País e do Exterior para determinação do índice de temperagem de chocolates e compounds.

Especificações
Utilizado para medir o Temperíndex (índice de cristalização) de chocolates produzidos com manteiga de cacau pura e formulações contendo misturas com gorduras vegetais alternativas.

Exigências para uso:
- Sob o preceito de corresponsabilidade, o usuário deve colaborar com o custeio operacional, cujos valores são subsidiados em relação àqueles praticados nas atividades de extensão.
- É necessário seguir o Plano de Gestão e de Compartilhamento para racionalização do tempo e uso do equipamento, procurando atender a demanda qualificada de forma adequada e dentro do estado da arte possibilitado pelo equipamento.
- Para acesso e utilização dos recursos disponíveis como usuário da “Comunidade Acadêmica e Científica”, cada professor/pesquisador deve preencher o Formulário de Submissão de Solicitação e enviá-lo por e-mail para temperimetro@ital.sp.gov.br.

Localização: Cereal Chocotec

Plano de Gestão e Compartilhamento
Formulário de Submissão de Solicitação (EQUIPAMENTO EM AQUISIÇÃO)