27/10/2017

ITAL realiza XVIII Seminário de Alimentação Escolar

O XVIII Seminário de Alimentação Escolar foi realizado pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), por meio do Centro de Ciência e Qualidade de Alimentos (CCQA), nos dias 25 e 26 de outubro, na sede do Instituto, em Campinas. A proposta do evento foi oferecer conteúdo e conhecimento técnico-científico ao programa de alimentação escolar.

Os participantes também puderam compartilhar novas práticas de elaboração, otimização e avaliação de cardápios, com assuntos relacionados ao Programa de Alimentação Escolar implantado nas escolas e a legislação nacional vigente. Cerca de 120 pessoas estiveram presentes para conferir a programação com palestras e oficinas.

“Nosso objetivo é influenciar positivamente na melhoria da alimentação escolar e, consequentemente, no aprendizado, pois antes de tudo é preciso estar bem nutrido. Além disso, queremos estabelecer uma estrutura sólida e coerente de transmissão de conhecimentos, capacitação e atualização profissional, com debates saudáveis que resultem diretamente no desenvolvimento educacional esperado para os estudantes brasileiros, em todas as esferas, municipal, estadual e federal”, explica Eduardo Vicente, diretor do CCQA.

Segundo a pesquisadora do ITAL Ana Rauen, também coordenadora do Seminário, a atividade faz diferença no futuro das crianças do Brasil. “Somos agentes transformadores, através do bem e do que é certo, temos o poder de vencer desafios, como educadores que também somos e, dessa forma, deixar um Brasil melhor para as nossas crianças, no que diz respeito à alimentação escolar”, destacou. Também participou da coordenação do Seminário, a nutricionista Rosana Maria Nogueira e a pesquisadora do ITAL Marta Gomes da Silva.

O Seminário é um grande ponto de encontro entre os profissionais ligados ao tema e parceiros empresariais. O evento é realizado pelo Ital, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, há 18 anos.

“A escolha dos alimentos é fundamental para a criança crescer bem nutrida, temos este compromisso com a sociedade ao colocarmos nossos institutos de pesquisa à disposição para oferecer refeições equilibradas nutricionalmente e também mostrar as formas de garantir a segurança dos alimentos. A criança bem nutrida estará mais capacitada para se desenvolver e, sobretudo, é uma questão de cidadania e saúde, uma das preocupações do nosso governador Geraldo Alckmin. Nos orgulhamos de fazer parte desse projeto”, declarou Arnaldo Jardim, secretária de Agricultura do Estado de São Paulo.